Dicas para Escolher os Óculos Ideais para Você

O que levar em conta pra acertar na escolha dos óculos de grau:

  1. Sobrancelhas: Devem acompanhar o formato da armação e não podem ficar dentro da lente. No caso dos óculos de grau, opte por uma armação que deixe as sobrancelhas levemente visíveis. Se tiver um espaço entre elas e a parte superior dos óculos dá a sensação de duas sobrancelhas.
  2. Apoio nasal: As hastes devem apenas se apoiar nas têmporas, sem pressioná-las, o que significa que os óculos não devem ser apertados. Elas também devem ficar bem ajustadas atrás da orelha, de forma que os óculos não fiquem nem frouxos nem apertados. Uma dica é passar sempre na ótica para manter as hastes sempre alinhadas, de maneira que os óculos não fiquem tortos.
  3. Formato do rosto:
    Rosto redondo: Fica melhor com armações quadradas – linhas retas ajudam a afinar o rosto. Opte por armações que sejam mais largas do que altas.
    Rosto quadrado: Deve procurar as que têm cantos retangulares e formas ovais. Procure modelos que não sejam achatadas na base para valorizar ainda mais seu rosto.
    Rosto triangular: Armações mais arredondadas, estreitas e ovais, caso do modelo piloto.
    Rosto oval: É privilegiado: fica bem com qualquer modelo. Geralmente este tipo é mais proporcional e, portanto, favorece a escolha dos óculos.
  4. Tamanho do rosto: Quem tem rosto pequeno pode usar óculos maiores, já quem tem a face grande deve optar por modelos menores, de tamanho compatível. Ou seja, o resultado final deve ser equilibrado.
  5. Tipo de lentes: Para disfarçar as lentes que corrigem hipermetropia, que deixam os olhos maiores, uma dica é usar armações que chamam a atenção – em vez de deixá-la para as lentes – e evitar as quadradas. Para casos de miopia, em que os olhos ficam menores, indica-se óculos ovalados e arredondados.

Fontes: chic.uol.com.br e moda.ig.com.br